Search
domingo, 19 de agosto de 2018
  • :
  • :

Alisson diz que ataque da Seleção começa por ele e despista sobre futuro

Alisson diz que ataque da Seleção começa por ele e despista sobre futuro

As jogadas de ataque da seleção brasileira começam com Alisson. O goleiro, cada vez mais inserido na troca de passes pelo chão no sistema defensivo, foi o primeiro jogador a dar entrevista na Rússia, na manhã desta terça-feira (horário de Brasília). E disse que na maneira de jogar definida e aprimorada por Tite, a criação começa pelo camisa 1.

– Temos uma maneira muito clara de jogar, que começa com a criação desde o meu primeiro toque de bola. Nós começamos a jogada de ataque lá de trás. O time é muito consistente defensivamente, os 11 trabalham de maneira sincronizada, muito bem postados taticamente – disse Alisson, que prosseguiu na análise da equipe.

Alisson afirmou que é grato ao veterano Taffarel, atual preparador de goleiros da Seleção (Foto: Hannah McKay/Reuters)Alisson afirmou que é grato ao veterano Taffarel, atual preparador de goleiros da Seleção (Foto: Hannah McKay/Reuters)

Alisson afirmou que é grato ao veterano Taffarel, atual preparador de goleiros da Seleção (Foto: Hannah McKay/Reuters)

– Nossa arma principal é a criatividade, isso ficou muito evidente nos dois últimos jogos (vitórias sobre Croácia e Áustria). Quando erramos passes havia jogadores na cobertura, isso mostra trabalho e entrosamento. E quando precisamos da técnica, os jogadores de frente fizeram diferença.

Considerado um dos melhores goleiros da última temporada europeia, Alisson vive a expectativa de ser destaque também na Copa do Mundo. Questionado se poderá ser o melhor do torneio, que não terá o italiano Buffon e tem o alemão Neuer voltando de uma sequência de lesões, o brasileiro disse que o prêmio só vale se vier acompanhado da taça.

– Sempre pensamos em objetivos individuais, mas que seja para ajudar o Brasil a ser campeão. Se for para ajudar a equipe a sair com título, eu quero. Se não fizer diferença, não é importante. Meu objetivo é levantar a taça, o resto é secundário.

Veja outras respostas de Alisson:

  • Transferência para Real Madrid ou Liverpool

– Vocês estão ansiosos também, né (risos)?! Estou 100% focado no meu momento na Seleção, desde o início da temporada esperei por isso. Meu procurador cuida de todas as questões. Procuro não ler tantas notícias, trabalhar com aquilo que tem de real, e nesse momento não chegou nada oficial. Meu foco está aqui, tenho contrato com a Roma. Estou muito feliz no futebol italiano, principalmente em estar representando a Seleção, vivendo um sonho de infância e trabalhando bem forte para conquistar essa Copa.

  • Árbitro de vídeo

– Acredito que venha para ajudar na Copa do Mundo. Tive essa experiência na Itália e deu muito certo, com margem de erro inferior a 1%. Em alguns lances que colocam o árbitro em dificuldade, rápidos de impedimento, será uma ajuda muito boa. Aquela parada para ele ver o vídeo incomoda um pouco, mas fica um jogo mais justo.

Grato ao Taffarel, Alisson elogia ídolo da infância:

Grato ao Taffarel, Alisson elogia ídolo da infância: “Qualidade de trabalho”

  • Taffarel

– Sempre serei muito grato a ele, não pela decisão de me colocar, juntamente ao Tite e ao Dunga, mas principalmente pela qualidade do trabalho, é o que mais acrescenta para nós. Conhecimento, vivência, experiência, serei sempre grato por trabalha com um grande profissional.

  • Treinos fechados e abertos

– As duas situações são válidas. Hoje foi treino aberto, gostamos de ter o carinho do torcedor, era momento de ter um contato maior. Mas para nossa concentração é importante ter treino fechado, trabalhar e usar alguma jogada diferente para tentar surpreender adversários.

Brasileiro, que é pretendido por outros clubes, despistou ao falar sobre seu futuro na Roma (Foto: Hannah McKay/Reuters)Brasileiro, que é pretendido por outros clubes, despistou ao falar sobre seu futuro na Roma (Foto: Hannah McKay/Reuters)

Brasileiro, que é pretendido por outros clubes, despistou ao falar sobre seu futuro na Roma (Foto: Hannah McKay/Reuters)

  • Maior virtude da Seleção

– Todos têm uma vontade gigante de vencer. Estamos trabalhando muito forte para isso durante toda a temporada. Para mim, começou desde a pré-temporada no ano passado, então chegar a este momento é um sonho para nós e nossa vontade de vencer é a maior arma.

  • Proximidade da família na Rússia

Família é tudo para nós. Estão do nosso lado comemorando nos momentos bons, mas principalmente nos difíceis, de derrotas e algumas frustrações na vida. Tê-los aqui nos dá uma força maior. Eu fico três, quatro dias longe da minha filha e da minha esposa, e já fico com saudade. Sobre o dia dos namorados, me quebrou um pouco porque ainda não postei a foto (risos). Depois vai sair a homenagem para minha esposa.

Alisson se diz tranquilo com desconfiança de parte da torcida brasileira com seu trabalho

Alisson se diz tranquilo com desconfiança de parte da torcida brasileira com seu trabalho

  • Consolidação como titular

No futebol, temos que provar partida após partida. Nunca podemos nos acomodar. Eu conquistei esse lugar com muito trabalho e ajuda dos meus companheiros, pela disputa sadia. O Tite sempre fala de um fazer o outro crescer. Passei momentos difíceis, mas graças a Deus tive paciência. Alguns questionamentos eram feitos com razão, outros não, e minha maior maneira de respeitar foi mostrando em campo que o Tite estava fazendo a escolha correta. Minha temporada na Roma mostrou isso.

Alisso, sobre ser acionado durante jogos:

Alisso, sobre ser acionado durante jogos: “quanto mais eu trabalhar, mais feliz eu fico”

  • Estreia contra a Suíça

Quanto mais eu trabalhar, mais feliz eu fico (risos). Mas eles têm, por sua própria característica, assim como temos característica de criatividade, de futebol bonito, eles têm equipe muito bem postada defensivamente. Vamos ter que trabalhar em cima disso durante essa semana. Ainda vindo de dois amistosos, a gente gosta de preparar cada objetivo a seu momento. Agora, sim, a gente troca nosso objetivo, que é a Suíça. Vamos trabalhar em cima de imagens, de vídeos, em cima do que possa nos ajudar, mas principalmente não mudando nossa característica. Tentando do nosso jeito encontrar espaços. Sei que goleiro de equipe grande acaba trabalhando um pouco menos do que outros, mas quando trabalha tem que estar ali. No último jogo foi assim.

  • Mescla de juventude e experiência

A gente teve essa experiência de crescer juntos nas categorias de base da Seleção, ter identificação um com o outro e com a camisa da Seleção. Neymar e Coutinho têm relação muito próxima há muito tempo, o que torna a história ainda mais bonita. Esperamos escrever essa história com o título. Ajuda muito na valorização do nosso trabalho. A gente chega em um momento que poderíamos falar como perfeito, com jovens com muita disposição e também certa rodagem, jogando Champions League, Libertadores. Alguns vencendo mais do que os outros, começando mais cedo, mas chegamos com muita bagagem. Nossa Seleção tem esse misto, jogadores mais experientes, alguns começando a carreira. E todos em alto nível, o que é mais importante.

  • Neymar

Ele está muito bem, graças a Deus. Acredito que como lidaram o processo dele foi perfeito. Tendo recuperação plena da parte clínica. Lógico que no início, quando começou a trabalhar com bola com o grupo, teve aquele cuidado a mais. Deve ter lidado com o medo, que é normal depois de uma lesão grave. Aos poucos, foi pegando confiança, passo a passo. Entrou no primeiro amistoso, fazendo gol, perdendo medo de jogar. Começou essa segunda partida, que deu ainda mais confiança a ele, fazendo gol.

  • Mudanças na zaga

Acredito que não existam diferenças quando entra um jogador ou outro. Quando jogou Marquinhos, estávamos em alto nível. Com Thiago Silva, também em alto nível. Tem o Geromel também, que entrou no final do processo, mas também muito bem. A gente fica muito triste pela perda do Daniel, jogador extremamente importante para a gente, dentro de campo e fora. Ele é muito alegre, nos ajuda no dia a dia. Era líder aqui dentro, mas quem foi convocado, tanto Danilo quanto Fagner, quando entrarem em campo vão nos ajudar muito nessa caminhada.

 (Foto: Info Esporte) (Foto: Info Esporte)

Fonte: globoesporte.
COMENTÁRIOS



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *