Search
domingo, 22 de abril de 2018
  • :
  • :

Oi fecha 2017 com prejuízo líquido de R$ 6,6 bilhões

Oi fecha 2017 com prejuízo líquido de R$ 6,6 bilhões

A operadora de telefonia Oi registrou um prejuízo líquido consolidado de R$ 3,916 bi bilhões no quarto trimestre, ante prejuízo de R$ 4,808 bilhões no mesmo período de 2016, informou a empresa em recuperação judicial nesta sexta-feira (13). No 3º trimestre, a Oi tinha registrado lucro líquido de R$502 milhões.

No ano de 2017, o prejuízo líquido foi de R$ 6,656 bilhões, queda de 18,9% ante prejuízo de R$ 8,206 bilhões em 2016.

No balanço, a empresa destacou que a aprovação do plano de recuperação judicial “por ampla maioria dos credores” vai permitir redução da dívida em mais de R$ 35 bilhões, “viabilizando a retomada do ciclo de investimentos”.

A geração de caixa medida pelo lucro ante de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) de rotina foi R$ 1,299 bilhão, queda de 26,1% ante o quarto trimestre do ano anterior.

A Oi encerrou dezembro com uma dívida líquida de R$ 47,621 bilhõess, ante R$ 44,109 bilhões no terceiro trimestre, com caixa disponível R$ 6,999 bilhões.

Em dezembro, os credores da Oi aprovaram a troca de dívida por ações para retirar a companhia da recuperação judicial, após uma confusa disputa de 18 meses entre detendores de bônus e acionistas.

“Nós acreditamos que no médio prazo (a consolidação) é a uma tendência, mas no curto prazo estamos completamente focados em dois aspectos: a implementação do plano (de recuperação), a conversão de dívida em ações, e o aumento de capital, bem como a reversão da tendência de receita”, disse o diretor financeiro da Oi, Carlos Brandão.

O executivo atribuiu parte do desempenho fraco na comparação trimestral aos ajustes de preço durante o período e aos pacotes de compensação variáveis.

Brandão afirmou ainda que a Oi está tentando formalmente concluir a troca de dívida por ações em junho, antes do prazo oficial de 31 de julho. Ele disse que a companhia espera finalizar o aumento de capital detalhado no plano de recuperação no quarto trimestre.

Fonte; G1

* Com Reuters




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *