Search
sexta, 15 de dezembro de 2017
  • :
  • :

Mãe confirma que ossada encontrada em lagoa é da menina Thayná

Mãe confirma que ossada encontrada em lagoa é da menina Thayná

A ossada estava num brejo, próximo a uma lagoa no município, que era usado por Ademir Lúcio, suspeito de sequestro da menina Thayná Prado, para cometer crimes.

Thayná foi vista pela última vez entrando num carro no Bairro Universal, em Viana, no dia 17 de outubro. Uma câmera de videomonitoramento registrou a menina entrando no carro que seria do suspeito, no dia que sumiu.

Thayna Andressa de Jesus Prado foi vista pela última vez no dia 17 de outubro (Foto: Reprodução /  TV Gazeta)Thayna Andressa de Jesus Prado foi vista pela última vez no dia 17 de outubro (Foto: Reprodução /  TV Gazeta)

Thayna Andressa de Jesus Prado foi vista pela última vez no dia 17 de outubro (Foto: Reprodução / TV Gazeta)

Crime

Nas imagens, é possível ver Thayná andando na calçada por volta das 7h30 do dia 17. Chovia na ocasião e ela usava uma sombrinha colorida. Nesse momento, ela é abordada por uma pessoa em um carro cinza. Ela conversa um pouco do lado de fora e em certo momento chega a se afastar, mas acaba entrando no veículo.

Através da placa do veículo, a polícia descobriu que o dono é Ademir Lúcio Ferreira, suspeito de estupro no mesmo bairro. Segundo a Polícia Civil, a vítima é uma garota de 11 anos. Nos dois casos, o homem agiu da mesma forma.

O crime aconteceu três dias antes do sequestro de Thayná. O inquérito, nesse caso, ficou sob a responsabilidade da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) e já foi concluído. Inclusive, já há também um mandado de prisão preventiva contra Ademir por causa desse crime.

Thayna Andressa de Jesus Prado foi vista pela última vez no dia 17 de outubro (Foto: Reprodução /  TV Gazeta)Thayna Andressa de Jesus Prado foi vista pela última vez no dia 17 de outubro (Foto: Reprodução /  TV Gazeta)

Thayna Andressa de Jesus Prado foi vista pela última vez no dia 17 de outubro (Foto: Reprodução / TV Gazeta)

Fonte: G1



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *