Search
quarta, 13 de novembro de 2019
  • :
  • :

Golpistas usam o nome do Corpo de Bombeiros e aplicam o golpe da falsa taxa de incêndio

Golpistas usam o nome do Corpo de Bombeiros e aplicam o golpe da falsa taxa de incêndio

Golpistas estão usando o nome do Corpo de Bombeiros para aplicar um golpe. O crime envolve a taxa de incêndio.  Os estelionatários enviam, por e-mail boletos falsos com a suposta cobrança. No entanto, a corporação deixa claro que não adota esse tipo de prática. “Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Espírito Santo, informando que se encontra em aberto a TAXA DE INCÊNDIO do CBMES e que haverá uma fiscalização em breve. Encaminham também um boleto de cobrança anexo, que consta o CNPJ do CBMES, e avisam que o imóvel poderá até ser interditado, caso não seja efetuado o pagamento. diz nota da corporação.

Além disso, os Bombeiros também orientam que é preciso acionar a Polícia nesses casos. É essencial que o cidadão não pague o boleto e não faça contato com os bandidos. “Informamos que o CBMES não envia boletos de cobrança de taxa via e-mail e não existe TAXA DE INCÊNDIO em nosso Estado. Todas as taxas do CBMES são emitidas pelo próprio cidadão (ou por ser responsável legal) diretamente no site da Secretaria da Fazenda ou no SIAT. Nossos e-mails seguem o padrão: ascom@bombeiros.es.gov.br.

Caso tenha recebido mensagens desse tipo, solicitamos que a ignore e não efetue o pagamento do boleto, pois se trata de um golpe”.

Em caso de débito com a taxa, os interessados podem procurar, diretamente, os canais de comunicação do Corpo de Bombeiros, ou no site da Secretaria de Estado da Fazenda. Os Bombeiros também informaram que já acionaram a Polícia Civil, que investiga o caso. Qualquer informação pode ser repassada por meio do telefone 181.

Veja nota na integra:

Fonte:

Andrison Cosme – Ten Cel BM Chefe do Centro de Atividades Técnicas do CBMES

 

COMPARTILHE...
Share on Facebook
Facebook
Email this to someone
email
Tweet about this on Twitter
Twitter



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.