Search
quinta, 18 de julho de 2019
  • :
  • :

CONFIE EM VOCÊ SEMPRE.

CONFIE EM VOCÊ SEMPRE.
Tudo se torna possível quando acreditamos e temos força de lutar. Claro que existem exceções como por exemplo: não adianta eu querer voar com os membros que disponho se os mesmos não são apropriados para isso. Não adianta eu querer respirar debaixo d’água se não é meu habitat natural. Tem outras coisas fora do nosso alcance que não interessa mencionar aqui. O que desejo é que você leitor, nunca deixe de acreditar em sua fé e no seu potencial, e assim jamais desistir de alcançar seu objetivo. Olha só: a chance de ganhar na Mega Sena com uma aposta de seis números(R$ 3,50) é de uma em 50 milhões mas de vez em quando alguém fica milionário. Por mais difícil que pareça, é possível. Outro exemplo é o futebol. No primeiro jogo das semifinais da Champions League 2018/2019, a equipe do Barcelona venceu o time do Liverpool, em casa, por 3 X 0. No jogo de volta, a equipe inglesa venceu a espanhola pelo placar de 4 X 0. O próprio narrador falava em milagre, pois os REDS estavam desfalcados dos seus dois principais jogadores, o brasileiro Roberto Firmino e o egípcio Mohamed Salah. No entanto estão na final e com chances reais de ganhar o título. No automobilismo, o saudoso piloto de Fórmula I, Ayrton Senna, no Grande Prêmio do Brasil, Interlagos,  em 24 de março de 1991, ganhou uma das corridas mais emocionantes da história: nas últimas sete voltas só dispunha da sexta marcha e debaixo de chuva venceu sua primeira corrida, em casa, desafiando e alcançando o impossível. Na astronomia temos outro exemplo: a chegada do homem à lua. Em 20 de julho de 1969, a NASA enviou ao espaço, a nave Apolo 11 tripulada pelos astronautas Neil Armstrong, Michael Collins e Edwin Aldrin Jr. Isso era um sonho que se concretizou devido a crença e competência dos engenheiros e técnicos. Se há cento e cinquenta anos alguém dissesse que no futuro existiria um pássaro mecânico, denominado avião, que iria cruzar os céus, seria chamado de louco, não é verdade? Se outro prevesse que teríamos estações espaciais com seres humanos vivendo nelas, com certeza seria desacreditado pelos amigos. Eu poderia citar muitos outros exemplos, mas fica para outra oportunidade. Nós precisamos eliminar do cotidiano os ” serás” e os “ses”. Será significa dúvida e se, bem, se nunca é. O que precisamos é não deixar de sonhar, mas sonhar com os pés no chão. Muitas vezes não acreditamos em nós mesmos e duvidamos da nossa capacidade em vencer. É necessário darmos esperança à nossa esperança, não naquela que voa e sim na que se traduz na confiança em nós mesmos.
(José Alberto Valiati )
COMENTÁRIOS
COMPARTILHE...
Share on Facebook
Facebook
Email this to someone
email
Tweet about this on Twitter
Twitter



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.