Search
quarta, 18 de julho de 2018
  • :
  • :

Município completa, hoje, 94 anos de Criação. Conheça a História

Município completa, hoje, 94 anos de Criação. Conheça a História

Iconha inicia o mês de julho comemorando sua história, cultura e tradições. Há registros históricos de povoação nestas terras desde os idos de 1889, quando os italianos, ingleses, portugueses aqui chegaram, todavia, a história do lugar entre as montanhas, é carregada de complexidade, uma vez que está se embaraça no “vai em vem” dos tempos em que estava interligada com o atual município de Anchieta, e também Piúma.

Como salienta os historiadores Iconhenses, “os municípios de Iconha e Piúma, pertenciam a Benevente até 1891, hoje denominado município de Anchieta. Neste mesmo ano foi criada a vila de Piúma, que passou a ser a sede do município do mesmo nome. Seu território englobava as atuais terras de Piúma, Iconha e uma parte do atual município de Rio Novo do Sul, denominada Princesa e conhecida popularmente por Rodeio.

Piúma foi elevada à categoria de vila e, portanto, sede do município. Iconha, então um pequeno povoado, seria o distrito de Piúma. Em 1904 há uma mudança na sede do município. O Decreto Estadual Nº. 81 de 18 de novembro de 1904, eleva o distrito de Iconha à categoria de vila tornando-o a sede do município de Piúma. A vila de Piúma passa a ser distrito de Iconha, havendo uma inversão administrativa. É importante ressaltar que até 1924, a sede do município era Iconha, mas os documentos eram assinados como município de Piúma. Com a Lei Estadual Nº 1428 de 03 de julho de 1924, o município de Piúma passa a denominar-se município de Iconha.

Em 11 de novembro de 1938, através da Lei Estadual nº. 9941, a vila de Iconha é elevada à categoria de cidade e Piúma continua a ser distrito até o ano de 1964, quando a Lei Estadual Nº 1908, de 24 de dezembro de 1963, instalou, no dia 04 de março de 1964, o município de Piúma com sede na referida cidade. Iconha e Piúma passam a ser definitivamente dois municípios, no entanto a história de ambos é interligada

A lei Estadual Nº 1428, de 03 de julho de 1924 cria o município de Iconha, absorvendo as terras do município de Piúma, que deixa de ser denominado município de Piúma e passa a ser denominado município de Iconha. Através deste Decreto, o município de Iconha é criado e não emancipado. A emancipação ocorre com o município de Piúma, em março de 1964.

De acordo com Simão (1991, p. 115), em 03 de julho de 1924, o Governador Florentino Avidos assinou a Lei nº 1428, que em seu artigo único diz “Passa a ser a denominação de município de Iconha o atual município de Piúma, cuja sede é Vila de Iconha, ordena a todos que a cumpram”.

 

LINHA DO TEMPO

1889 a 1891: Iconha era um pequeno povoado que pertencia a Anchieta.

1904: O distrito de Iconha é elevado à categoria de Vila, tornando-o  sede do município de Piúma e a Vila de Piúma passa a ser distrito de Iconha.

1924: O Município de Piúma, com sede em Iconha, passa a se chamar Município de Iconha.

1938: A Vila de Iconha é elevada à categoria de cidade.

1964: Piúma emancipa-se de Iconha.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Prefeitura Municipal de Iconha




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *