Search
quinta, 05 de agosto de 2021
  • :
  • :

PROGRAMA HORA DA VIOLA – 10 ANOS NO AR. MINHA TRAJETÓRIA

PROGRAMA HORA DA VIOLA – 10 ANOS NO AR. MINHA TRAJETÓRIA

Eu sempre gostei do rádio. Quando era mais jovem ficava encantado com os programas, principalmente sertanejos como o de Zé Bétio que nos alegrava muito. Costumava dormir com o radinho no ouvido para acompanhar Jorge Curi, Valdir Amaral e Mário Vianna narrarem e comentarem os jogos do Flamengo. Sempre fui encantado com esse meio de comunicação, afinal foi por intermédio dele que conhecemos a voz dos grandes intérpretes da música sertaneja raiz como Tonico e Tinoco, Zico e Zeca, Liu e Léu, Lourenço e Lourival e várias outras duplas e trios. O rádio se tornou o caminho do sucesso de centenas de cantores. O tempo foi passando, outros artistas encantando, músicas nos emocionando e o rádio se transformou em um patrimônio histórico e cultural do Brasil. Por muito tempo achávamos que não teríamos acesso a uma emissora de rádio. Graças à Deus nos enganamos. Prova disso foi a vinda de Adilson Santos, Gil Alves e Hudson Correia para o nosso município. Logo tiveram apoio incondicional de Clóvis Bem-te-vi. Durante um certo tempo ouvíamos a rádio poste. Finalmente foi inaugurada a Fm Comunitária, 87,9. Era uma nova era. Iconha mudou e mudou para melhor. Um dia conversando com Adilson, manifestei meu desejo de fazer um programa de rádio. Chegando ao mês de junho de 2011 ele liberou um horário para mim com uma hora de duração. Em pouco tempo eu já dispunha de um programa com três horas de duração assessorado pelo meu amigo Pedro Lourencini que muito me ensinou. Hora da Viola foi o nome escolhido com o objetivo de resgatar a verdadeira música raiz brasileira e divulgar a Moda de Viola. Neste mês, com muita alegria o programa completou 10 anos no ar. Nesse tempo foram realizados centenas de sorteios, dezenas de entrevistas no quadro “Quem Taí”, e também algumas via telefone com as Irmãs Galvão, Lourenço e Lourival, Carlito do Trio Carlito, Baduy e Taquinho, Fátima Leão e Laura da dupla Leyde e Laura. Nesses 10 anos muita coisa boa aconteceu. Vivi emoções ao anunciar o falecimento de amigos; aprendi muito com os entrevistados; divulguei vários eventos; levei ao ar informações de interesse da população e lancei várias músicas. Houve muita festa com as duplas que se apresentaram ao vivo. Realmente foram 10 anos de muita alegria e isso só foi possível devido a proteção de Deus, o apoio da família do rádio e a sua preciosissima audiência. Hoje o programa tem um significativo número de ouvintes, seja pelas ondas do rádio ou pela internet, afinal o público sertanejo é grande e a participação já ultrapassou as fronteiras municipais e até estaduais. Pra você meu muito obrigado!
(José Alberto Valiati – 22/06/2021)