Search
sbado, 24 de fevereiro de 2024
  • :
  • :

Professor é investigado por crime de pedofilia em Vargem Alta: a denúncia aponta que ele solicitava ‘nudes’ aos alunos em troca de dinheiro

Professor é investigado por crime de pedofilia em Vargem Alta: a denúncia aponta que ele solicitava ‘nudes’ aos alunos em troca de dinheiro

Um professor de uma escola pública municipal do município de Vargem Alta, no Sul do Espírito Santo, está sob investigação do Ministério Público e da Polícia Civil por suspeita de envolvimento em crime de pedofilia. A investigação foi iniciada com base em uma denúncia recebida pela Promotoria de Justiça local, que solicitou à Polícia Civil a abertura de um inquérito para apurar a conduta do professor.

A denúncia, que está sob segredo de justiça, supõe que o educador teria solicitado imagens íntimas (nudes) aos seus alunos em troca de dinheiro. Os alunos aliciados seriam crianças e adolescentes do sexo masculino.

A Polícia Civil agiu prontamente e cumpriu um mandado de busca e apreensão na residência do investigado, localizada em um bairro nobre de Vargem Alta, assim como na escola onde ele trabalha. Durante a ação da Polícia, o computador pessoal do funcionário público foi apreendido, assim como seu telefone celular. Ambos os dispositivos serão submetidos a perícia técnica, com o objetivo de coletar dados que possam servir como evidências da suposta prática criminosa contra os alunos.

Enquanto aguarda os resultados da perícia, o professor foi convocado para prestar depoimento ao delegado do município de Vargem Alta, Rafael Amaral, nos próximos dias. Essa etapa da investigação será crucial para entender melhor o alcance das acusações e a possível participação do suspeito no caso.

A equipe de reportagem do Portal Da Hora ES procurou a Prefeitura de Vargem Alta, por meio da Assessoria de Comunicação, para obter informações sobre o posicionamento da administração municipal em relação à investigação que envolve seu funcionário. A Assessoria de Comunicação informou que a Secretaria de Educação do Município está acompanhando o caso e já tomou todas as medidas cabíveis, inclusive afastou o professor da sala de aula e que a Prefeitura irá se pronunciar oficialmente sobre o assunto através de uma nota.

Reportagem atualizada às 13h04.