Search
segunda, 27 de maio de 2019
  • :
  • :

Ouça a Rádio Iconha FM

Pessoas que estão realizando tratamento de câncer podem continuar rotina de medicação normalmente

Pessoas que estão realizando tratamento de câncer podem continuar rotina de medicação normalmente

Os remédios de pressão, diabetes e outros de uso contínuo podem continuar sendo consumidos durante as sessões de radioterapia 

Entre as principais formas de tratamento de tumores, está a radioterapia, especialidade médica em que são utilizadas diferentes formas de radiação ionizante com o objetivo de curar a doença e de controlar o crescimento das células tumorais ou de amenizar os sintomas.

Conforme a Sociedade Brasileira de Radioterapia (SBRT), 60% dos pacientes diagnosticados com câncer no Brasil receberão a indicação para o tratamento, seja ele curativo ou paliativo.

Segundo o rádio-oncologista Carlos Rebello, do Instituto de Radioterapia Vitória (IRV), são muitas as dúvidas das pessoas que estão enfrentando o câncer. Uma das principais é se o uso de medicamentos que não estão relacionados com a radioterapia pode prejudicar o tratamento. A resposta, segundo o médico, é não.

“Todas as medicações podem ser mantidas. É importante relatar tudo aquilo que está sendo consumido ao rádio-oncologista responsável pelo tratamento, para que ele possa direcionar o paciente de forma adequada. O uso de remédios para controlar diabetes, pressão ou qualquer outro tipo de problema não interfere no resultado da radioterapia”, esclarece o doutor.

Dados

 

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o total de novos casos da doença em 2019 deve ser de 600 mil.

O estudo do Inca ainda aponta que, a cada 10 casos de câncer, três estão relacionados ao estilo de vida da pessoa: tabagismo, sedentarismo, obesidade, consumo excessivo de álcool e exposição constante ao sol aumentam os riscos de desenvolver o problema.

COMENTÁRIOS
COMPARTILHE...
Share on Facebook
Facebook
Email this to someone
email
Tweet about this on Twitter
Twitter



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.