Search
sbado, 21 de setembro de 2019
  • :
  • :

Iema lança Prêmio de Fotografia “As belezas que Anchieta viu”

Iema lança Prêmio de Fotografia “As belezas que Anchieta viu”

Concurso é aberto a todas as pessoas interessadas, inscrições são gratuitas e vão até 18 de setembro deste ano.

Para incentivar, divulgar e valorizar a produção ambiental, cultural e paisagística, o Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema), em parceria com a Secretaria Estadual de Turismo (Setur) e Secretaria Estadual da Cultura (Secult), lança o prêmio de fotografia “As belezas que Anchieta viu”. O Concurso é aberto a todas as pessoas interessadas, profissionais ou amadoras. As inscrições são gratuitas e vão até 18 de setembro.

A proposta do concurso é resgatar as belezas naturais que São José de Anchieta encontrou no caminho pelo litoral capixaba de Vitória a Anchieta. O roteiro cristão “Os Passos de Anchieta“, que teve início nesta quarta-feira (19) e vai até o dia 23 de junho, é uma das fontes de inspiração para quem pretende participar do concurso.

Os municípios que o concurso fotográfico abrange são Vitória, Vila Velha, Guarapari e Anchieta. Nessas cidades, os participantes poderão fotografar paisagens, cultura, monumentos históricos, fauna e flora. Como premiação, o concurso fotográfico irá distribuir câmeras fotográficas, tablets e kits de livros.

Cada participante é responsável por sua própria inscrição e todas as informações estão descritas no regulamento, que pode ser lido clicandoaqui.

Evento de lançamento

O lançamento do prêmio de fotografia “As belezas que Anchieta viu” foi realizado nessa terça-feira (18), no Centro Estadual de Ensino Médio em Tempo Integral de Anchieta, no município de Anchieta. A solenidade contou com a presença de autoridades, lideranças políticas e sociedade civil.

O Padre Bruno Franguelli, vice-reitor do Santuário Nacional de São José de Anchieta, deu uma explicação sobre a Carta de São Vicente, escrita em 1560 pelo Padre Anchieta.  Segundo o padre, Anchieta não apenas olhou a passagem, as pessoas e a natureza, ele quis perceber e escrever com detalhes o que ele estava vivendo.

O concurso de fotografia tomou como base a carta escrita por São José de Anchieta, tida como a primeira descrição detalhada da Mata Atlântica de que se tem conhecimento. A carta foi escrita no final do mês de maio, motivo pelo qual o dia 27 de maio é declarado como o Dia Nacional da Mata Atlântica, data em que se homenageia o relato e também o santo.

Para a gerente de Educação Ambiental do Iema, Anna Tristão, a fotografia é uma linguagem que tem uma série de sensibilidades. “A natureza reitera o olhar fotográfico enquanto arte, pois perpetua importantes narrativas”, observa.

Participação

O diretor técnico do Iema, Elias Morgan, fez um breve relato sobre o papel do serviço público para a sociedade e de como a história e as memórias são importantes para as pessoas entenderem seu papel como cidadãos. O subsecretário de Estado de Turismo, Gedson Merizio, destacou a importância da parceria com o Iema e a Secult. “Essa parceria é importante enquanto arte, meio ambiente, cultura, religiosidade e turismo. Isso torna o momento mais valoroso e traz novos saberes, renovando os conhecimentos”.

A diretora do Centro Estadual de Ensino Médio em Tempo Integral de Anchieta, Cristina Partelini, agradeceu a parceria e se sentiu honrada com a participação da escola na divulgação do prêmio que engloba arte, educação, história e memória.

A coordenadora da Associação Brasileira dos Amigos de Anchieta, Renata Rosa, destacou os 22 anos de realização do roteiro cristão “Os Passos de Anchieta” e se emocionou ao relatar o empenho da família e filhas no trabalho que desenvolve. “Esse prêmio de fotografia vai permitir que as pessoas guardem para sempre um momento marcante”, frisou.

COMENTÁRIOS
COMPARTILHE...
Share on Facebook
Facebook
Email this to someone
email
Tweet about this on Twitter
Twitter



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.