Search
quarta, 13 de novembro de 2019
  • :
  • :

Conquistar clientes e tributos são as principais dificuldade de empresários no ES

Conquistar clientes e tributos são as principais dificuldade de empresários no ES

Pesquisa realizada pelo Sebrae, entre maio e agosto deste ano, traçou o perfil dos empresários de micro e pequenas empresas e também apontou a alta carga tributária como um dos entraves às MPEs

A conquista de clientes ainda é a principal dificuldade encontrada no dia a dia pelos donos de pequenos negócios no Espírito Santo, assim como uma das razões mais apontadas como causa para o encerramento de suas atividades. É o que indica a pesquisa feita pelo Sebrae envolvendo mais de 400 empreendedores de todo Estado. A alta carga tributária também foi apontada pelos empresários como um dos obstáculos para os negócios. Segundo o levantamento, 24% dos empreendedores admitiram já ter atrasado o pagamento de algum imposto.

A pesquisa feita pelo Sebrae teve como objetivo levantar o perfil dos empresários donos de microempresas (ME) e Empresas de Pequeno Porte (EPP). O trabalho identificou que para 19% dos empreendedores, conquistar clientes e vender mais é uma das maiores dificuldades para quem decide abrir o próprio negócio. Outros 18% apontaram a carga tributária como obstáculo, enquanto 12% dos entrevistados afirmaram não enfrentar adversidades. Entre outras dificuldades identificadas pela pesquisa, apareceram a mão de obra, inadimplência e concorrência.

Eleita como a segunda maior dificuldade dos empresários, a alta carga tributária também preocupa e faz com que o empreendedor atrase o pagamento de algum tipo de imposto. Isso aconteceu, de acordo com o levantamento, com 24% dos donos de Microempresas e Empresas de Pequeno Porte. Nesse universo, uma parcela expressiva de empresários (41%) ainda não conseguiu regularizar o pagamento dos tributos.

Mais da metade das pessoas ouvidas (52%) admitiram que necessitam de uma maior capacitação na área de controle e gestão financeira, enquanto 52% afirmam que precisam de qualificação na área de propaganda e marketing e 48% enfrentam ainda dificuldade com a gestão das redes sociais da empresa. Além disso, 44% precisam de treinamento para melhorar a qualidade de seus produtos e serviços. Saber atender melhor o cliente (48%) e buscar orientação para a obtenção de crédito ou empréstimo (39%) também são carências apontadas por boa parte dos entrevistados.

A pesquisa do Sebrae também confirmou a importância da formalização para os donos de micro e pequenas empresas. Cerca de 68% dos empreendedores têm o próprio negócio como única fonte de renda. Além disso, 73% dos empresários afirmam que a abertura do negócio possibilitou maior ganho financeiro. Já para 84% dos entrevistados, a obtenção de um CNPJ foi a ferramenta que assegurou melhores condições no momento de compra junto aos fornecedores.

Números da pesquisa

·         19% avaliam a dificuldade de conquistar a clientela como maior desafio

·         18% reclamam da carga tributária

·         52% desejam maior qualificação nas áreas de controle e gestão financeira

·         44% sentem dificuldade com a gestão de redes sociais

·         24% já deixaram de pagar algum tipo de imposto

·         34% já buscaram e conseguiram empréstimo

·         21% começaram a empreender por necessidade

·         49% estão no negócio por ter tido conhecimento ou experiência na área que atua

 

Outros números

·         60% eram empregados de carteira assinada antes de abrirem seu negócio

·         6 anos e meio foi a média que as empresas trabalharam informalmente (sem CNPJ)

·         32% já venderam para prefeitura/governo

·         59% vendem para outras empresas (B2B) frequentemente

·         53% tem renda familiar mensal acima de 6 salários mínimos

COMPARTILHE...
Share on Facebook
Facebook
Email this to someone
email
Tweet about this on Twitter
Twitter



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.