Search
quarta, 11 de dezembro de 2019
  • :
  • :

Água na quantidade certa: o segredo para uma boa produtividade

Água na quantidade certa: o segredo para uma boa produtividade

O excesso de água mata a planta. Você já deve ter ouvido essa frase, usada no contexto de que tudo em grande quantidade pode se tornar prejudicial. No caso da irrigação de uma lavoura, essa expressão pode ser aplicada de forma literal. É preciso saber o melhor momento e a quantidade ideal de água a ser aplicada na planta. Do contrário, a produção agrícola pode ser perdida.

“Todo produtor rural deve saber responder a duas questões: quando irrigar e quanto irrigar. A irrigação em excesso ou no momento errado está entre os principais problemas que causa prejuízos à lavoura”, alerta o engenheiro agrônomo Elídio Torezani, diretor da Hydra Irrigações, empresa situada em Linhares.

Prejuízos

Elídio afirma que o excesso de água pode levar a dois tipos de prejuízos. 

“A primeira vítima é a própria planta, que não quer conviver com o excesso de umidade, porque o sistema radicular dela precisa respirar e o excesso de água dificulta o processo de respiração das raízes. O outro prejuízo é o desperdício de fertilizantes, porque o excesso de água lava o solo e leva o produto para camadas mais profundas, onde não há atividade radicular”, explica o engenheiro.

Por isso, ele ressalta que é fundamental fazer uma “análise da capacidade de retenção de umidade”  para entender o comportamento do solo durante o processo de irrigação. Isso porque há solos que são capazes de reter bastante água e outros, nem tanto.

Fotossíntese

Além disso, é preciso escolher o horário ideal para irrigar a lavoura. Do contrário, toda a água aplicada na planta pode ser perdida.

“O consumo de água das plantas está ligado a seu processo de fotossíntese. E a fotossíntese só acontece durante o dia. Isso nos permite dizer que as plantas só bebem água durante o dia”, salienta Elídio.

Otimização

Uma das formas de evitar desperdício e prejuízo no processo de irrigação é por meio da utilização de equipamentos corretos, como observa o diretor da Hydra.

“Indicamos um equipamento extremamente simples, que é o tensiômetro. Instalado em várias profundidades, define, além do momento da irrigação, o volume de água necessário, sem excesso ou desperdícios. Esse aparelho transforma a informação em um número. Quando há um número por referência, dá para saber se você está irrigando além ou aquém do necessário”, explica.

Debate

Essas e outras informações serão passadas por Elídio Torezani durante o 20º Debate Agro Online, que acontece no próximo dia 26 de novembro, às 19 horas, com transmissão ao vivo pelo canal youtube.com/campovivo. O tema da palestra do diretor da Hydra será “Água na agricultura: como irrigar na dose correta?”.

“Será uma oportunidade de esclarecer os produtores sobre a importância da irrigação. E apontar alguns erros comuns que podem atrapalhar o ganho de resultados e prejudicar a plantação”, apontou Elídio.